top of page

Raposo Tavares: Atropelamentos na rodovia deixam três mortos em menos de 48h


Acidentes aconteceram no período noturno.


Fau Barbosa

Três acidentes deixaram três vítimas fatais em um período inferior a 48h. Eles aconteceram da madrugada de domingo,16, até a noite de segunda-feira,17. Em dois dos casos, as vítimas não portavam documentos.


Dia 16, às 4h10 - km 26+700 - Policiais Rodoviários foram acionados pelo STCOR para atender a ocorrência de acidente de trânsito na Rodovia Raposo Tavares, sentido interior.


No local se depararam com a vítima caída e desacordada na primeira faixa (da esquerda). Um pouco mais a frente estava um veículo Ford EcoSport e logo em seguida a motocicleta da vítima.


Segundo o boletim de ocorrência, a vítima, um homem de 31 anos, conduzia a moto na contramão de direção quando acabou colidindo de frente com o veículo e entrando em óbito no local.


O motorista do veículo foi socorrido pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros - UR 18213 ao PS do Atalaia, onde ficou em observação.


Dia 17, às 20h - km 27+100 - Policiais Rodoviários foram acionados via STCOR para atender um acidente de trânsito do tipo atropelamento no sentido São Paulo.


Chegando ao local, a vítima, do sexo masculino e sem identificação, aparentando ser morador de rua, encontrava-se no asfalto e recebia atendimento pré-hospitalar da UR-18210 do Corpo de Bombeiros. A vítima foi socorrida em estado gravíssimo ao Hospital Regional de Cotia, onde chegou com vida, porém não resistiu aos ferimentos e faleceu às 21h10.


O motorista do veículo, um VW/TCross, disse à Polícia que conduzia o automóvel pela faixa esquerda, ao lado da mureta divisora de pista, quando viu a vítima terminando de cruzar a faixar da direita, onde um outro veículo conseguiu desviar. Porém o motorista não teve tempo hábil nem espaço para desviar, e acabou atropelando a vítima.


Dia 17, às 21h20 - km 32+800 - A Polícia Rodoviária foi novamente acionada para atender outro atropelamento no sentido interior.


Chegando ao local, observaram a vítima do sexo masculino, aparentando 55 anos, trajando blusa vermelha e calça preta. No local, também estava o motorista do veículo VW Up, o qual relatou que conduzia o veículo pela faixa da direita quando a vítima saltou a mureta de concreto e entrou na frente do automóvel, não tendo tempo hábil para frear, vindo a atropelá-lo. O motorista parou no acostamento e acionou o socorro. A equipe do Samu esteve no local onde atestou o óbito.

Nos três casos, os motoristas foram submetidos ao teste do etilômetro (bafômetro), todos com resultado negativo para ingestão de álcool. Também foi solicitada perícia nos locais.


Outro atropelamento no km 23+500

No último dia 3 de setembro, por volta das 21h40, um outro atropelamento tirou mais uma vida, provavelmente um morador de rua.


O condutor do automóvel transitava pela rodovia e repentinamente se deparou com um indivíduo atravessando a rodovia. Ele tentou desviar, mas não conseguiu evitar o atropelamento.


Leia abaixo a matéria publicada pelo Portal Viva:

1.231 visualizações

Comments


bottom of page