Raposo Tavares: Bandido tenta roubar motociclista e acaba baleado


GCM de São Paulo que passava pelo local, viu a tentativa de roubo e reagiu.


Por Fau Barbosa

Por volta das 06h20 deste sábado, 12, um rapaz de 21 anos seguia para o trabalho em sua motocicleta Honda/CG 160 FAN azul, quando próximo à passarela do km 28,5, sentido interior, acabou sendo abordado por três indivíduos em duas motos.


O garupa desceu e, portando uma arma, anunciou o assalto. Como a arma era pequena, a vítima achou que pudesse ser de brinquedo e entrou em luta corporal com o ladrão, que deu uma coronhada na vítima.


Foi quando, neste momento, um Guarda Civil de São Paulo (Butantã), que voltava do serviço, passou pelo local e viu a briga do ladrão com a vítima. Ele então parou e desceu de seu veículo. O ladrão, ao ver o GCM, apontou a arma para ele, que se defendeu e atirou, acertando o bandido com um tiro no abdómen.

Os outros dois bandidos que estavam nas duas motos se evadiram do local.


Uma viatura da GCM de Cotia, que saía da Avenida José Giorgi, foi acionada via Cecom para prestar apoio ao GCM de São Paulo e ao chegar ao local, se deparou com o GCM e o ladrão baleado. Foi solicitada a Unidade de Resgate, que socorreu o indivíduo, de 22 anos, ao PS do Hospital Regional de Cotia, onde o mesmo veio a óbito.

A arma, uma pistola Beretta calibre 6.35, desmuniciada e oxidada, foi apreendida, assim como um capacete multicolorido e um celular que estavam com o ladrão.

O caso foi registrado no DP de Cotia, onde a Autoridade Policial de plantão solicitou Perícia no local, determinando o registro do Boletim de Ocorrência de natureza "Roubo" tentado (art. 157) e "Homicídio" (art.121) - Morte decorrente de intervenção Policial.

Atendeu a ocorrência a viatura 19 da Guarda Civil de Cotia, GC Flávio Antônio e GC Fernandes, com apoio da Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros UR-18213, e das viaturas da GCM de São Paulo.

1.798 visualizações