top of page

São Roque: Prefeitura amplia atendimento psiquiátrico na rede pública da cidade


A Prefeitura de São Roque ampliou o atendimento psiquiátrico oferecido na rede pública de saúde. Desde 2021 a administração vem ampliando o atendimento mental oferecido a população e agora conta conta com 2 novos psiquiatras, que estarão atendendo no ambulatório localizado ao lado do Centro de Saúde II, quanto no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) municipal. A ação integra o Programa Mais Saúde para Todos, que busca ampliar e melhorar o atendimento oferecido a população.

“Um sistema de saúde eficiente cuida não só do corpo, mas também da mente, e com o Programa Mais Saúde para Todos estamos ampliando os serviços oferecidos a nossa população nas mais diversas frentes. Além a adição destes novos profissionais, que trazem um amparo importante a nossa população, o projeto também conta com o investimento inicial de R$ 2 milhões para aumentar a oferta de consultas e exames, a melhoria no transporte de pacientes e a conclusão das obras nas unidades de saúde do Taboão e Guaçu. Mudanças que, junto com outras medidas que anunciaremos no futuro, irão transformar o atendimento a saúde oferecido em São Roque”, afirmou o Prefeito Guto Issa.


O amparo para atendimento mental tem crescido na cidade. Em 2020 o ambulatório municipal contava com apenas um psicólogo infantil e não oferecia atendimento aos adultos, porém em setembro de 2021 o município passou a contar com quatro psicólogos à disposição para atender o publico adulto e infantil, número que foi ampliado para seis no final do ano passado.


Hoje, sete profissionais oferecem atendimento psicológico a população, sendo que cinco atendem no ambulatório municipal e dois profissionais realizam suas consultas no CAPS, num serviço importante e que agora ganha um novo reforço psiquiátrico.

“Com a incorporação dos dois novos psiquiatras a rede municipal, passamos a contar com três profissionais desta especialidade no atendimento ao munícipe. Dois deles estarão presentes no ambulatório e um no CAPS, fornecendo amparo a todos que busquem o serviço. É um reforço importante e que não apenas diminui a fila daqueles que esperam por atendimento, como também abre a oportunidade para que mais pessoas tenham acesso a este serviço no sistema de saúde”, afirmou Marina Aparecida Felipe, Chefe de Serviço de Saúde Mental de São Roque.


A população poderá buscar atendimento mental de duas formas. A primeira é pelo encaminhamento feito pelos postos de saúde municipais, que contam com o cadastro dos pacientes atendidos nos bairros. Porém o munícipe também pode buscar o atendimento de forma direta, procurando o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), na Rua José Bonifácio de Andrada e Silva, 204, das 7h às 16h.


Ao buscar atendimento, a pessoa passará por uma triagem e será direcionada para o atendimento devido dentro do serviço municipal, oferecendo o amparo e atenção que precisa.

“A ampliação do atendimento da saúde mental é importantíssima, principalmente no CAPS, que muitas vezes oferece o primeiro acolhimento ao munícipe que busca ajuda. Através deste primeiro contato com o profissional, a pessoa será apresentada ao serviço municipal e direcionada para o atendimento continuo, onde terá todo o amparo que precisa” afirmou o Diretor de Saúde, Dr. Luis Carlos Previdente Redda.

24 visualizações

Comments


bottom of page