Sem festa presencial, Congada de São Benedito lançará vídeo contando a história do evento


Suspensão do evento se deu por conta da pandemia do novo Coronavírus. A Congada faz parte do Patrimônio Cultural Imaterial de Cotia e existe desde 1951.

Depois de quase 70 anos, pela primeira vez, uma das festas mais tradicionais de Cotia, a Congada de São Benedito, não acontecerá de forma presencial este ano por conta do isolamento social em função da pandemia do novo Coronavírus. O evento de resistência marca a celebração pela libertação dos escravos no Brasil e faz parte do Patrimônio Cultural Imaterial de Cotia. Para celebrar a data de libertação do escravos no Brasil, a Congada vai lançar um vídeo, no dia 13 de maio, com depoimentos de diversos integrantes, de Congadas de outros municípios, falando sobre o movimento e a situação atual.

O vídeo será lançado na página do facebook ‘Congada de São Benedito Cotia – Devotos’. “A Congada não acabou, infelizmente, este ano, não vamos ter a nossa grande celebração, não vamos receber os convidados, mas vamos deixar o nosso registro em forma de um vídeo para as pessoas que gostam, que acompanham e para aqueles que querem saber mais sobre este evento”, disse Elisete Aparecida de Castro, filha do Seu Dito (fundador da Congada).

Ela lamenta a situação que o atual cenário impõe a todos, mas espera poder retomar as festas. “É uma grande tristeza [não ter o evento]. Tanta gente morreu pela luta da libertação e este ano não vamos ter a celebração, a sensação é de luto. Mas entendemos que é necessário para proteger a saúde de todos”, salientou Elisete. A celebração saúda, entre outros, a figura da princesa Isabel, por seu papel na libertação dos escravos brasileiros.

De acordo com Elisete, no dia 17 de maio, a Congada de São Benedito vai participar de uma ação social na região central de Cotia. “Vamos participar de uma ação de distribuição de marmitex para pessoas em situação de rua. A iniciativa é da Iara, uma integrante da Congada, e estaremos juntos nesta ação que deve distribuir de 100 a 150 refeições no entardecer”, concluiu Elisete.

Sobre a Congada de São Benedito

Oficializada em junho de 1951, a Congada de São Benedito, foi trazida para Cotia pelas mãos e talento de Benedito Pereira de Castro. Seu Dito nasceu em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, em São Paulo, e foi lá que sua mãe deu origem à Congada da região em celebração à assinatura da Lei Áurea, em 1888, pela Princesa Isabel, que garantiu a liberdade dos escravos. Mudou-se para Cotia ainda na adolescência e teve a ajuda do pai e dos irmãos para fundar a Congada no município. Desde então, a semana de 13 de maio tem sido comemorada pela família Castro.

 

 

PORTAL VIVA COTIA - O MAIOR SITE DE NOTÍCIAS DE COTIA E REGIÃO

Os artigos, reportagens e comentários, não refletem necessariamente a opinião do Portal Viva e são de inteira responsabilidade de seus autores.
É proibida a reprodução, edição e publicação total ou parcial de todo o conteúdo do site, sem autorização expressa do Portal Viva.
É proibida a reprodução das fotos e/ou imagens do site, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Web, sem prévia consulta e aprovação, conforme lei nº 9.610 de 19/02/1998, que rege sobre o Direito Autoral e Direito de Uso da Imagem no Brasil.

Fotos© Portal Viva 2009-2020. Todos os direitos reservados.

Portal Viva Cotia: http://www.portalviva.com.br/
Email: contato@portalviva.com.br
Curta nossa página: facebook.com/PortalVivaCotia

Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/portalvivacotia/

© 2020 - Portal Viva Cotia