SP mobiliza força-tarefa e entra em alerta para chuvas fortes a partir da quinta-feira, 30


Mais de 12 mil profissionais do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual e dos 645 municípios estão de prontidão para operações de resgate

O Governo de São Paulo mobilizou uma força-tarefa da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar para atuação em todas as regiões do estado devido ao alerta para fortes chuvas a partir desta quinta (30). Em conjunto com as Defesas Civis Municipais, são mais de 12 mil profissionais preparados para operações especiais de salvamento e resgate com apoio de aeronaves, veículos terrestres e embarcações. Há atenção especial para as regiões de Araçatuba, Baixada Santista, Barretos, Campinas, Franca, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba, Vale do Paraíba, Litoral Norte e Região Metropolitana da Capital, todas com previsão de até 120 mm de chuva por dia. Nas regiões de Araraquara, Bauru, Itapeva, Marília, Presidente Prudente e Vale do Ribeira, a meteorologia aponta chuvas com volume diário de até 90 mm. A força-tarefa conta com apoio das equipes da Secretaria de Comunicação e da Secretaria de Desenvolvimento Regional para divulgação de informações em tempo real e atuação direta com as Prefeituras em estratégias de atendimento a ocorrências provocadas por inundações, enchentes e deslizamentos. Os sites da Defesa Civil , Bombeiros e os canais oficiais @governoSP nas redes sociais vão veicular notícias e alertas durante todo o feriado prolongado de Réveillon sobre o clima em São Paulo. A Secretaria da Segurança Pública orientou os Comandos dos Bombeiros a posicionar viaturas em locais com previsão de tempestades e risco iminente de deslizamentos ou enchentes. Já o Comando de Aviação da Polícia Militar está de prontidão com 30 aeronaves para salvamentos em todas as regiões do estado. A Defesa Civil também mantém a campanha permanente SPAlerta (spalerta.sp.gov.br) com recomendações sobre o que a população deve fazer antes, durante e depois de chuvas extremas. Há ainda oito planos preventivos que abrangem os 177 municípios paulistas mais vulneráveis, sendo um específico para inundações (Vale do Ribeira) e sete para escorregamentos (Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Ribeira, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Serra da Mantiqueira, Região de Campinas, Região de Sorocaba e Região de Itapeva). Os chamados de emergência em casos de desastres naturais podem ser feitos pelos telefones 190 (Polícia Militar), 193 (Bombeiros) e 199 (Defesa Civil). A Defesa Civil também emite alertas por mensagens de texto. Para se cadastrar, basta enviar um SMS contendo o CEP de interesse para o número 40199. O serviço é gratuito.

29 visualizações