Taboão da Serra: Força-Tarefa flagra festa clandestina com mais de 460 pessoas


Local foi interditado. Flagrante é resultado de ação conjunta entre órgãos fiscalizadores do Estado

A Força-Tarefa do Governo de SP, formada pela Vigilância Sanitária, Procon-SP e Polícias Civil e Militar, interditou, na madrugada desta sexta-feira (16), um estabelecimento que funcionava irregularmente no município de Taboão da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. No total, 467 pessoas foram flagradas aglomeradas no evento clandestino no momento da fiscalização.


A operação foi deflagrada por policiais civis do Grupo Especial de Reação (GER) e do GARRA, policiais militares do Batalhão de Choque e guardas civis metropolitanos da cidade de Taboão da Serra, além de agentes da Vigilância Sanitária do Estado e fiscais do Procon. No local, 145 pessoas estavam sem máscaras de proteção facial no momento da fiscalização.


O estabelecimento irregular foi autuado pela Vigilância pelo não cumprimento das normas de segurança sanitária e ainda recebeu três autuações do Procon-SP. Ao final da ação, o local foi interditado.


Na madrugada de ontem (15), o Comitê de Blitze que atua na capital já havia flagrado duas festas clandestinas, com mais de 300 pessoas, na capital. Os eventos irregulares ocorriam em estabelecimentos dos bairros Parque Santo Antônio e Cidade Ademar, na zona Sul.


Qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também no site www.procon.sp.gov.br ou pelo e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br, do Centro de Vigilância Sanitária.