top of page

CPTM, EMTU e Metrô têm mudanças na operação durante o Carnaval


Circulação será monitorada no período para aumentar a frota, se necessário

No período de Carnaval, entre o sábado (18) e a quarta-feira (22), as empresas ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) terão alteração na circulação. A operação será monitorada e, se necessário, as empresas estarão prontas para colocar mais trens nas linhas e ônibus nas ruas.

Haverá reforço de todo quadro operativo nas estações com previsão de demanda maior que o habitual, em razão da proximidade a locais de desfiles e concentração de blocos.

A comunicação com os passageiros também será reforçada durante todo o período por meio de cartazes, vídeos, mensagens sonoras orientativas, redes sociais e sites das empresas, visando a conscientização sobre vários assuntos, incluindo regras de segurança.

CPTM - Nos quatro dias de Carnaval (18 a 21), a operação é igual à de sábado, com trens de prontidão em caso de necessidade. Na quarta-feira (22), a operação é normal, assim como no fim de semana posterior (25 e 26), também com trens de prontidão.

EMTU - As linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU na Região Metropolitana de São Paulo vão operar na segunda-feira (20), com tabela horária de sábado. Na terça-feira (21), o serviço será com base na programação de domingo. Na quarta-feira de cinzas (22), a programação durante a manhã seguirá a tabela horária de domingo; a partir do meio-dia, as linhas contarão com reforço de frota. A operação será acompanhada pela fiscalização para eventuais ajustes em caso de necessidade. Confira horários e itinerários no site (clique aqui)

Metrô - A frota terá um aumento da normalmente utilizada aos finais de semana durante os quatro dias de Carnaval. Nas estações envolvidas nas festividades, haverá aumento do número de funcionários para que os passageiros possam ser atendidos com rapidez e segurança. Apenas na estação República, da Linha 3-Vermelha, os acessos 7 de Abril, Barão de Itapetininga e Praça da República estarão fechados. Os passageiros podem utilizar o acesso Arouche para embarque e o acesso Caetano de Campos para desembarque.

ViaQuatro/ViaMobilidade - De 18 a 21/02, o número de funcionários na Linha 4-Amarela será ampliado. No sábado (18) e domingo (19), a movimentação dos foliões deve impactar as estações República, Oscar Freire, Fradique Coutinho, Butantã e Vila Sônia. Já na segunda-feira (20) e terça-feira (21), a maior movimentação deve envolver as estações República, Fradique Coutinho, Butantã, Morumbi e Vila Sônia. Nestas estações, os banheiros permanecerão fechados nos dias de maior movimento, como forma de evitar aglomerações. Caso o volume de passageiros seja muito grande, a Concessionária poderá também mudar o sistema de embarque e desembarque, destinando acessos específicos para cada uma das ações. Toda movimentação será acompanhada pelas mais de 2 mil câmeras que servem a Linha 4-Amarela.

A operação especial na Linha 4-Amarela será retomada no fim de semana seguinte (26 e 27), devido a desfiles de blocos nas proximidades das estações República, Paulista, Oscar Freire, Fradique Coutinho, Faria Lima, Pinheiros, Butantã e São Paulo- Morumbi.

Já as linhas operadas pela ViaMobilidade (8-Diamante, 9-Esmeralda e 5-Lilás) não terão alterações na programação.

Folia com segurança

Para que os festejos ocorram sem incidentes e com todo conforto e segurança dos foliões, os passageiros devem estar atentos a algumas regras:

  • é obrigatória a utilização de máscaras de proteção facial em todo o sistema de transporte metropolitano (STM-03/2023 - Decreto 67.455). Usá-la corretamente, cobrindo boca e nariz, ajuda a conter o avanço de doenças, entre elas a COVID. Por gentileza, colabore com este ato de proteção coletiva com quem compartilha o mesmo espaço que você;

  • é proibido fazer uso de instrumentos musicais, rádios ou aparelhos sonoros, a menos que por meio de fones de ouvido (lei municipal 15.937/13);

  • não é permitido consumir bebida alcoólica (lei estadual 10.951/01) ou portar qualquer tipo de droga ilícita (lei federal 11.343/06 - lei das drogas).

Bilhetes - Para evitar filas nas bilheterias das estações, recomenda-se a compra antecipada dos bilhetes. Desde o final de 2020, o bilhete para ingresso nas linhas de metrô e trens metropolitanos é um QR Code. O passageiro pode adquirir o bilhete digital QR Code pelo celular, sem a necessidade de impressão. A compra pode ser feita pelo aplicativo TOP ou pelo WhatsApp usando o canal oficial do TOP. Basta adicionar o número (11) 3888-2200 aos contatos do celular, solicitar atendimento e seguir as orientações.

Outra opção é comprar o bilhete digital impresso nas máquinas de autoatendimento (ATM) dentro das estações com cartão de débito. Importante tomar cuidado ao armazenar os bilhetes que não serão usados na hora para não danificar o papel.

Bikes - Aos sábados, domingos e feriados, os passageiros podem embarcar com suas bicicletas no Metrô, na CPTM e nas concessionárias ViaQuatro e ViaMobilidade. As bicicletas devem ser de tamanho convencional e, caso sejam elétricas, de dimensões semelhantes aos das convencionais. Nos dias úteis, de segunda a sexta, o embarque é permitido entre 10h e 16h e das 21h até o encerramento da operação. O embarque da bike no trem é permitido apenas no último carro, no limite de quatro bicicletas por viagem.

Secretaria dos Transportes Metropolitanos

A STM cuida diariamente (em tempos normais) do transporte de cerca de 10 milhões de passageiros que usam os ônibus gerenciados pela EMTU, além dos trens do Metrô, da CPTM e das linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda, concedidas à iniciativa privada. A Estrada de Ferro Campos do Jordão, no interior do Estado, também é responsabilidade da STM, assim como o Parque Capivari, igualmente em Campos do Jordão e concedido à iniciativa privada.


Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

39 visualizações

コメント


bottom of page