top of page

Turismo: SP tem opções de Carnaval para quem quer sossego

Municípios de São Paulo oferecem opções turísticas para aqueles que procuram outro tipo de lazer no feriado


Nem todo mundo é adepto ao Reinado de Momo com desfiles, bloquinhos, escolas de samba, bailes em clubes, marchinha e folia. O Carnaval é democrático e, para alguns, é a época perfeita para “turistar” por destinos que ofereçam tranquilidade e longe de aglomerações.


Campos do Jordão

A famosa Estância de Campos do Jordão, Região Turística Mantiqueira Paulista, por exemplo, localizada em plena Serra da Mantiqueira, a 173 km de São Paulo, é um sucesso turístico durante todo o ano, inclusive no Carnaval. Motivos para isso não faltam. O clima serrano, a neblina, o ar puro e o verde da Mata Atlântica são ingredientes que emolduram a cidade, com grande oferta de hospedagem e boa gastronomia.


Atrativos imperdíveis: Parque Estadual de Campos do Jordão (PECJ), uma unidade de preservação ambiental situada na Serra da Mantiqueira; Vila Capivari, bairro temático com inspiração europeia, e Morro do Elefante que está a 1.800 metros de altitude e oferece vista panorâmica da região.


Serra Negra

Já passeando pela Estância Turística de Serra Negra, no Circuito das Águas Paulista, o lazer fala alto. A 135 km da capital paulista, o destino possui belezas naturais para contemplação, turismo rural e de compras, além de muito entretenimento. O interesse pela cidade teve início quando foram descobertas propriedades terapêuticas na água mineral da região, o que fez o município ganhar o título de Cidade da Saúde. É possível conhecer as belezas naturais e as águas do município como as fontes e os parques da cidade.

Destaque para o Parque Fonte Santo Agostinho, onde estão localizadas as fontes Santo Agostinho e Santa Luzia. Para quem gosta de café, vinho, cachaça, produtos orgânicos e queijo, é possível visitar as propriedades e ver de perto como funciona a fabricação desses produtos. A rede hoteleira é bem-preparada e um forte atrativo de Serra Negra.


Atrativos imperdíveis: réplica da Fontana di Trevi, o mais novo ponto turístico no interior de São Paulo. O monumento, homônimo de um dos pontos turísticos mais famosos de Roma, capital da Itália, foi inaugurado em maio do ano passado e é uma homenagem à cultura da cidade, influenciada pela imigração italiana.


Bananal

Bananal, Estância Turística que integra a Região Turística do Vale Histórico, conhecida pela aprazível hospitalidade e a 303 km da capital, preserva em seus arredores atraentes fazendas históricas que ficam abertas para visitação. Algumas delas oferecem hospedagem com quartos mobiliados à época e cheios de glamour das antigas instalações.


O destino é indicado para turistas que apreciam arte, história, aventura e contato com a natureza. Bananal fica à disposição com todos estes ingredientes, uma vez que teve seu momento de ostentação nos séculos XVIII e XIX com a produção de café.


Atrativos imperdíveis: o turismo da cidade vai além das fazendas históricas. Alguns casarões da cidade são tão antigos quanto Bananal. Este destino é famoso também em função dos trabalhos em crochê, da produção de doces e cachaças e de bons restaurantes de cozinha caipira.


Iporanga

Às margens do Rio Ribeira de Iguape e da foz do Ribeirão Iporanga, o município de Iporanga, que em tupi ignifica “água bonita”, integra a Região Turística Cavernas da Mata Atlântica e oferece pousadas para todos os perfis de turistas, incluindo famílias, casais e grupos de viajantes.


Trata-se de um destino turístico privilegiado, a 304 km da capital, porque é cercado por unidades de conservação, dentre as quais se destacam o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar) e o Parque Estadual Caverna do Diabo. O Turismo de Aventura e o Ecoturismo são as marcas desta cidade, que é conhecida como “Capital das Cavernas”, pela grande incidência de cavernas calcárias na área do município.


Atrativos imperdíveis: explore – se puder – as cerca de 360 cavernas catalogadas. É um dos locais mais  procurados para a prática de esportes de aventura como rapel, bóia cross, cascading e bicicleta. Também é rota para atividades voltadas à educação ambiental, fotografia e observação da natureza.


São Roque

A estância turística de São Roque, a 66 km da capital, é um destino do turismo rural que se destaca por receber mais de 600 mil visitantes por ano. O município integra a Região Turística Roteiro dos Bandeirantes.


Com ótimo clima serrano e boa infraestrutura hoteleira, o destino conta com diversificada gastronomia. Devido à sua proximidade com a capital, inúmeros paulistanos sentem-se atraídos por este destino, que fica lotado, em especial, nos fins de semana. O Roteiro do Vinho é um dos mais procurados.


A oportunidade de vivenciar essa história e toda a tradição de perto acontece em adegas, vinícolas, restaurantes, hotéis, pousadas e centros de lazer e entretenimento, em meio à natureza abundante da Mata Atlântica preservada. Este roteiro é formado pela Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e Rodovia Quintino de Lima. Também é conhecida como a terra da alcachofra e todos os anos há uma grande exposição para mostrar as iguarias que tem como base esta flor comestível chamada alcachofra.


Atrativos imperdíveis: conheça o Morro do Cruzeiro. No local, estão instaladas uma Cruz e a imagem do padroeiro da cidade, São Roque; Casa Grande e Capela de Santo Antônio; Mata da Câmara, maior reserva ecológica da região, e o Museu Cine Dom José, com acervo de mais de três mil itens que contam a história do cinema em São Roque, no Brasil

e no mundo.


Brotas

Brotas, Estância Turística localizada a 244 km da capital, é destaque quando o assunto é aventura, ganhando até o apelido de “Capital da Aventura”. Integrante da Região Turística Serra do Itaqueri, é conhecido pela prática de muitos esportes, como rafting, rafting noturno, mini-rafting, caiaque rafting, canionismo, tirolesa, arvorismo, boia cross, passeio de quadriciclos, mountain bike e off road.


Um dos principais pontos da cidade é o Rio Jacaré Pepira, um dos únicos rios limpos de São Paulo. Sua nascente tem 174 km e deságua no Rio Tietê, e assim são formadas mais de 50 cachoeiras e quedas d’água. Há grande diversidade de fauna e flora em toda sua extensão. Passeio, quase obrigatório, é o do Recanto das Cachoeiras, que reúne diversas quedas d’água, além de piscinas, restaurantes, áreas para piquenique, hipismo, entre outras atividades.


O município também é um importante polo gastronômico e sedia, anualmente, o festival Brotas Gourmet, que reúne muita música e o melhor da gastronomia regional.


Atrativos imperdíveis: aos amantes da ciência e da contemplação do universo, a indicação é o Planetário CEU – Centro de Estudos do Universo, um espaço completo em que se pode observar cenas inesquecíveis por meio de telescópio. É considerado um dos mais completos do Brasil, sendo referência nacional. Há muitas opções de hospedagem nesta Estância, para todos os gostos e bolsos: hotéis, pousadas, chalés, hotéis-fazenda, resorts, além de hospedagens alternativas como campings, casas e chácaras.

49 visualizações

Hozzászólások


bottom of page