top of page

Vargem Grande Paulista investe na Segurança Pública com a qualificação da GCM e sistema de videomonitoramento 24 horas

Serão quase 700 câmeras com Inteligência Artificial (IA), sistema de alarme de última geração e 18 muralhas digitais em pontos estratégicos.


Reconhecimento facial, detecção de aglomerações, comportamento agressivo, espera prolongada, retirada ou colocação de objetos, leitura termográfica que detectará excesso de temperatura corporal, presença de fumaça ou incêndio. Esses são algumas das tecnologias que estarão disponíveis com o Projeto de Segurança Eletrônica que está sendo instalado pela Prefeitura de Vargem Grande Paulista.

 

Segundo o prefeito Josué Ramos está em fase de instalação um moderno e completo sistema de videomonitoramento 24 horas nos prédios públicos e nas principais avenidas e acessos da cidade. “O novo Projeto de Segurança Eletrônica Integrada, com câmeras de videomonitoramento 24 horas que está sendo implantado em nosso município, vai exigir profissionais qualificados para agir com eficiência e agilidade. Por isso estamos investindo constantemente na qualificação profissional”, destacou.


De acordo com o prefeito serão quase 700 câmeras com Inteligência Artificial (IA), sistema de alarme de última geração e 18 muralhas digitais em pontos estratégicos.

“Tudo isso estará conectado a um Centro de Controle Operacional, o CCO, que será monitorado pelos profissionais da Secretaria de Segurança Pública e guardas municipais”, informou o secretário de Segurança Pública, Marcos Roque.

Qualificação da Guarda Civil

Entre os importantes investimentos na área da segurança pública está a qualificação da Guarda Municipal. Nesta semana, Josué acompanhou o encerramento do Estágio de Qualificação Profissional (EQP) feito com todos os guardas e ressaltou os benefícios dos investimentos para a segurança pública municipal.

 

A qualificação atende a obrigação prevista no Termo de Convênio celebrado entre a Prefeitura e a Polícia Federal, que exige a requalificação anual, por no mínimo de 80 horas/aula, dos GCMs que habilitados ao porte de arma institucional. A formação contou com atualização sobre armamento e tiro, normas de segurança, legislação e primeiros socorros, além da avaliação de prática de tiro.

“A qualificação profissional da GCM tem sido constante e visa preparar o efetivo para enfrentar o crime e garantir a segurança da população. Em breve, esses profissionais terão uma nova ferramenta e novas tecnologias para reforçar o trabalho preventivo e ostensivo por meio da segurança monitorada”, disse o prefeito.

47 visualizações

Comments


bottom of page