top of page

VGP: Após controlar incêndio, Corpo de Bombeiros localiza uma vítima carbonizada no Jd. Margarida


Fau Barbosa

Por volta das 01h50 desta quarta-feira, 14, policiais militares foram acionados via Copom

para atenderem ocorrência de incêndio em um galpão no Jd. Margarida, em Vargem Grande Paulista.


A edificação ficava localizada no interior de um terreno utilizado por um parque de diversões como depósito de brinquedos, onde também são realizados alguns reparos nas atrações do parque. No local estavam diversos brinquedos aguardando reparos, além de uma grande quantidade de sucatas e outros materiais diversos.


Com a chegada do Corpo de Bombeiros, o fogo foi extinto. Uma vítima do sexo masculino, e idade indefinida, foi encontrada carbonizada dentro de um dos cômodos.


O incêndio

O imóvel onde ocorreu o incêndio tem um piso único dividido em cinco cômodos, que eram utilizados como uma cozinha, dois quartos, um banheiro e um almoxarifado.

A cozinha e o primeiro quarto foram totalmente atingidos pelo incêndio, o que sugere que o incêndio tenha começado em um destes cômodos e posteriormente se espalhado. Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros a estrutura da edificação estava aparentemente abalada, existindo risco de desabamento.

O corpo da vítima foi encontrado no quarto ao lado da cozinha. A vítima estava carbonizada, em decúbito ventral.

O quarto ao lado, onde foi encontrada a vítima, era ocupado por outro funcionário do parque, que contou à Polícia que trabalha na oficina do parque há cerca de dois meses como serralheiro, e já havia trabalhado para a empresa em outras ocasiões.


Ele morava nessa oficina com o outro funcionário e por volta das 17h30, encerraram os trabalhos, e o colega foi para cozinha preparar o jantar. Eles jantaram juntos e após a refeição, teria ido para o seu quarto. Por volta das 22h, enquanto dormia, ouviu pessoas gritando "fogo", então ele acordou e observou a cozinha e o quarto do outro funcionário em chamas. Imediatamente tentou apagar o fogo com a mangueira, sem sucesso, já que as chamas eram intensas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou ao local, onde extinguiu o fogo. Em seguida, localizou um corpo carbonizado, que seria do funcionário, já que ele era a única pessoa que estava naquele ambiente.


Não se sabe o que teria iniciado o incêndio. Há a suspeita de que o funcionário tenha bebido e ido dormir, deixando a panela no fogo.


A vítima fatal não foi identificada no momento, sendo o corpo encaminhado ao IML, para exame necroscópico, coleta de material genético e demais perícias cabíveis para sua identificação e indicação da causa da morte.


O local não possuía sistema contra incêndio nem o AVCB (auto de vistoria do Corpo de Bombeiros), já que funcionava apenas como “armazém” da empresa.


Atenderam a ocorrência as viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, além da viatura da Perícia.

263 visualizações

Comments


bottom of page