Zoonoses alerta sobre cuidados para evitar acidentes com escorpiões


Em caso de acidente, é preciso procurar atendimento médico imediatamente.

A Secretaria de Saúde de Cotia, por meio do Departamento de Zooneses, alerta a população sobre os cuidados para evitar acidentes com escorpiões, especialmente no período de calor em que a presença destes artrópodes é mais frequente próximo de casas, em quintais, garagens, pois é o seu período de reprodução. Em caso de acidente, é preciso procurar atendimento médico imediatamente. Em Cotia, o Hospital Regional é referência para estes casos, pois conta com soros antiofídico (aracnídico, escorpiônico e lonômico/lagarta).


De acordo com a médica veterinária Ana Marina Lino, coordenadora do Departamento de Zoonoses de Cotia, ações de combate aos escorpiões acontecem o ano todo e são reforçadas nesta época. “As ações são reforçadas neste período de reprodução dos escorpiões e consistem em catação manual de cada um dos exemplares encontrados, pois isso é importante a população sempre comunicar a zoonoses”, disse a coordenadora. Segundo ela, a dedetização não é indicada. “A dedetização não é indicada e nem eficiente para o combate a escorpiões, além disso, o uso de substâncias químicas disponíveis aguça e atrai os exemplares que estão escondidos”, completou.


Caso algum morador encontre escorpião, nunca deve manipulá-lo com as mãos desprotegidas. O ideal é, em segurança, capturar o escorpião, colocá-lo em um frasco com tampa e entrar em contato com o setor de zoonoses pelo e-mail (zoonosescotia@gmail.com). O animal será enviado para o Instituto Butantan para identificação do exemplar. Esta identificação é importante para fazer o mapeamento da prevalência daquela espécie em determinada região.


O Departamento de Zoonoses também agendará uma inspeção e busca ativa no local, além de passar as orientações para evitar e afastar os escorpiões. Entre os cuidados estão a manutenção da limpeza dos ambientes internos e externos, quintais, garagens e outros espaços. Não acumular entulhos, lixo, madeiras e outros materiais.


“Onde há presença de baratas é possível encontrar escorpião, portanto, a população deve buscar manter estes insetos afastados de suas casas”, destacou Ana Marina.

Foto: Divulgação EBC

20 visualizações