top of page

Cotia: Prefeitura decreta luto oficial de três dias

O desentendimento entre o GC e o subcomandante teria sido motivado pela não apresentação de um certificado para que o GC tivesse a manutenção de seu porte de arma


A Prefeitura de Cotia decretou luto oficial de três dias (Decreto 9.281/2024) em virtude da morte dos Guardas Civis, inspetor Carlos Roberto Pires Haddad (56 anos), e GC Nelson Fan dos Santos (46 anos). Os guardas foram a óbito na manhã desta quarta-feira (7/02/24), depois de uma discussão entre o GC Fan e o seu superior, o subcomandante Luciano Stephano de Oliveira Leite.


No momento da discussão, o inspetor Pires tentou acalmar a situação e foi baleado na cabeça. O subcomandante Stephano foi atingido por diversos disparos e segue internado no Hospital Regional de Cotia. Ele não corre risco de morte e passará por uma cirurgia em um dos braços que foi atingido por um dos disparos. Após alvejar os colegas, Fan atentou contra a própria vida.


A Prefeitura de Cotia presta solidariedade e apoio aos familiares dos guardas que faleceram e estima rápida recuperação e saúde para o subcomandante Stephano.


As bandeiras do Paço Municipal estão a meio mastro e, durante o luto oficial, será mantido o expediente normal na sede do Executivo Municipal, bem como em todas as repartições públicas municipais.

 

Sobre a ocorrência

Informações iniciais dão conta de o desentendimento entre o GC Fan e o subcomandante Stephano teria sido motivado pela não apresentação de um certificado necessário para que o GC tivesse a manutenção de seu porte de arma (conforme exigência da Policia Federal) e, portanto, ele cumpria serviço administrativo. Os disparos foram feitos por uma arma pessoal, que estaria guardada em seu carro particular. A ocorrência aconteceu na sede da corporação, no bairro Quinta dos Angicos.

225 visualizações

Comentários


bottom of page