Após perseguição, indivíduo é morto em confronto com equipe do Baep


Meliante havia participado de um latrocínio tentado contra um policial militar, ocorrido na véspera de Natal, em Cotia

Um indivíduo foi morto por volta das 15h desta terça-feira, 4, durante troca de tiros com policiais do Baep na comunidade São Remo, próxima à Avenida Politécnica, no Rio Pequeno.


Denúncia

A ocorrência teve início após os policiais receberem denúncia anônima sobre o possível paradeiro do autor de uma "tentativa de latrocínio" em Cotia, no último dia 24 de dezembro, véspera de Natal, contra um Policial Militar do 20ºBPM/M. O policial, de 38 anos, foi baleado na Rua do Engenho, no Pq. Monjolo (Mirizola), durante uma tentativa de assalto.


Segundo informava a denúncia, o indivíduo, de 24 anos e morador de Cotia, estaria em um veículo Tucson prata, com placas de Franca/SP, pelos arredores da comunidade São Remo. Durante a saturação pela divisa de área, na Av. Corifeu de Azevedo Marques, a equipe do BAEP 41 avistou o veículo e após tentativa de abordagem, o condutor não obedeceu sinal de parada, empreendendo fuga.


Ao chegar na entrada da comunidade São Remo, ele abandonou o veículo e iniciou fuga à pé, sendo acompanhado pela equipe por várias vielas da comunidade. Nesse momento, o bandido iniciou um confronto armado, efetuando dois disparos na direção dos policiais. Houve o revide e o indivíduo foi atingido e desarmado, sendo socorrido ao PS do Hospital Universitário da USP pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros UR 04101, onde foi constatado o óbito.


O revólver utilizado pelo criminoso, de calibre .38, estava com a numeração suprimida, e tinha dois cartuchos íntegros, três deflagrados e um picotado. Segundo a Polícia, o bandido já tinha várias passagens.


No interior do veículo Tucson, como passageira, estava uma mulher que após a parada do auto também tentou fugir porém acabou sendo detida próximo da Av. Corifeu de Azevedo Marques.


O caso foi registrado em Boletim de Ocorrência no 93° DP do Jaguaré, onde a delegada solicitou perícia e encaminhou a ocorrência para o DHPP, em São Paulo.


Entenda o caso

No último dia 24 de dezembro, véspera de Natal, por volta das 16h40, um policial militar do 20ºBPMM foi surpreendido por indivíduos armados na Rua do Engenho, no Mirizola.


O policial estava em seu veículo, uma GM/Montana, quando os ladrões se aproximaram em um veículo VW/Fox preto e anunciaram o roubo. Nesse momento o policial militar reagiu e houve troca de tiros. Ele foi ferido por um disparo de arma de fogo (9mm) na região do abdômen e a bala transfixou. O policial conseguiu efetuar alguns disparos, sem saber se conseguiu alvejar os indivíduos, que fugiram com destino ignorado.


Mesmo ferido, o militar correu até uma residência próxima para pedir ajudar e com autorização do morador subiu na laje para se proteger até a chegada das viaturas. Foi acionado o socorro e compareceu a viatura do SAMU USA-02 e a equipe do Águia 4. O policial foi estabilizado e entubado, sendo socorrido de helicóptero ao Hospital das Clínicas onde foi submetido ao coma induzido e realizada cirurgia, já que o disparo atingiu o pâncreas, fígado e intestino, tendo seu quadro clinico classificado como grave.


Posteriormente o Copom informou que o veículo VW/Fox tinha sido abandonado e incendiado na rua Pêra, no Jd Stella Maris.

Na ocasião, os fatos foram registrados no DP de Cotia em boletim de ocorrência de natureza "Tentativa de Homicídio contra Agentes de Segurança".

381 visualizações