top of page

Cotia: Exposição ‘Diversidade e Conectividade’ é aberta para visitação no CAC


Abertura da mostra marcou o Dia Mundial do Turismo. Obras poderão ser visitadas gratuitamente até o dia 27 de outubro

Na tarde da terça-feira (27/09), a Secretaria de Turismo de Cotia realizou um evento de abertura da exposição ‘Diversidade e Conectividade’, no Centro Administrativo de Cotia (CAC), no bairro Portão.


A mostra, assinada por cinco artistas do Movimento Teia – Experiências do Sentir e Saber, poderá ser visitada até o dia 27 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A exposição faz parte da programação da Semana Municipal de Conscientização do Turismo e marcou a celebração do Dia Mundial do Turismo [27 de setembro]. O evento contou com a apresentação da cantora Nathalia Côrte.

Na abertura do evento, o titular da pasta, Nelson Broering, destacou o potencial turístico de Cotia e falou do olhar da atual gestão municipal para este segmento. “Cotia é uma cidade privilegiada, com riquezas naturais e grande potencial turístico. Hoje, celebramos o Dia Mundial do Turismo com cultura porque turismo e cultura são o mesmo lado da moeda e este governo municipal entende isso”, disse o secretário.

O gestor cultural da Secretaria de Cultura e Lazer de Cotia, Gilmar Almeida, parabenizou a Secretaria de Turismo por comemorar a data exatamente com manifestação cultural. “Parabéns por escolher a arte para celebrar o dia do turismo. A cultura atrai as pessoas, movimenta a cidade e fomenta o turismo em nossa cidade”, comentou.

A curadora da mostra, Regina Helene, falou sobre as obras de arte contemporânea expostas no CAC. “Esta não é a arte que muitos conhecem [...]. Trazemos reflexões e questionamentos. Somos diferentes em muitos aspectos e, apesar disso, somos seres humanos. Descubram o que a arte significa para você. Isso é livre arbítrio, liberdade e independência”, afirmou Regina.

As obras são assinadas pelos artistas Ana Curioso, Lia do Rio, Miro PS, Regina Helene e Rogério Morais Martins que trazem trabalhos com olhares, experiências e projetos poéticos distintos e um conjunto híbrido de obras. O tema proposto é um questionamento extraído e priorizado para guiar o fazer artístico de todos os artistas participantes, remetendo à reflexão sobre como conectar a diversidade cultural do povo brasileiro construindo unidade na pluralidade sem anular diferenças singulares dos grupos que constituem a brasilidade.

Foto: Vagner Santos

43 visualizações

Comments


bottom of page