Cotia: Guarda Civil localiza desmanche de caminhões no Jd. Pioneiro


Dois suspeitos foram presos e liberados após pagarem fiança

Por volta das 11h50 da última quarta-feira(1º), a equipe de Romu fazia patrulhamento pelo Jardim Pioneiro, quando ao passar pela Rua Iris Memberg, uma via predominantemente industrial, avistaram um rapaz de cútis parda e altura mediana, na porta de um galpão.


O indivíduo trajava blusa vermelha e capacete de EPI na mesma cor. Ao ver a viatura, o indivíduo correu para dentro do galpão gritando: "sujou, sujou, polícia".


Diante da atitude suspeita, os guardas desembarcaram da viatura e foram ao seu encalço entrando no imóvel pelo portão principal. Assim que entraram e tiveram acesso à porta do galpão, avistaram o suspeito, dois caminhões já desmontados e mais seis indivíduos trabalhando no desmonte dos caminhões.


Os guardas mandaram todos colocarem as mãos à cabeça e deitarem no chão, mas os que estavam no interior do galpão empreenderam fuga, saindo pelos fundos do local, onde há uma mata, conseguindo fugir. Somente os dois indivíduos que estavam mais próximos foram detidos e identificados.


Foi feita uma revista no interior do galpão, onde haviam várias peças de caminhões, oito bloqueadores de sinais conhecido como "jammer/capetinhas" (sendo um de maleta e sete de antena); ferramentas diversas, um maçarico e uma empilhadeira.

No interior de uma mochila os guardas encontraram alguns documentos de identidade; um CRLV de um veículo GM/Corsa que estava estacionado na rua, nas proximidades do galpão, além de dois telefones celulares.


Um dos caminhões desmontados, um Scania-trator branca, foi identificado através da numeração do chassi e era produto de roubo em Miracatu. O outro caminhão, também trator, um Mercedes Benz prata, foi identificado através dos adesivos de identificação colados na cabine. Não havia queixa de furto ou roubo para este veículo.

Os dois indivíduos abordados não souberam justificar ao certo a procedência dos objetos e do responsável pelo local. Um deles disse que conheceu um rapaz na feira do rolo, que teria o oferecido serviço de cuidar do galpão, mas nada sabia dos veículos. Disse que receberia R$ 1.000,00 (hum mil reais) por semana. O outro indivíduo relatou que é mecânico, estava desempregado e estava lá apenas para trabalhar como mecânico, nada sabendo da procedência dos veículos. Os dois receberam voz de prisão e foram levados algemados para o DP de Cotia, onde a autoridade policial foi informada dos fatos e requisitou exame pericial para o local.

Cientes de seus direitos constitucionais, sobretudo de permanecerem em silêncio, os

detidos se manifestaram na presença de um advogado.


Foi feita a prisão em flagrante por Receptação ( art. 180) do Código Penal e arbitrada fiança no valor de R$5.000,00 (cinco mil reais) para cada um dos indiciados. O valor foi pago e os indivíduos foram soltos. Eles devem responder ao processo-crime em liberdade.


Atenderam a ocorrência as viaturas de Romu 35, 36, 34 e 38, com apoio das viaturas das Granja Viana e do Centro, do Comandante e Sub comando e Secretario de Segurança e da viatura da perícia S-1123.