Cotia: Prefeito revoga decreto e autoriza aulas presenciais em escolas particulares

Por Fau Barbosa

Decisão foi publicada na manhã desta segunda-feira(8).

Uma nova decisão do prefeito Rogério Franco publicada nesta segunda-feira, 8, autoriza as escolas particulares do município a retomarem as aulas presenciais.


Segundo o Secretário de Governo, José Lopes Filho, neste domingo houve uma negociação sobre o tema. "O prefeito entendeu efetivamente os protocolos de segurança estão bem rígidos, e deu um voto de confiança para as escolas particulares", disse o secretário.


As escolas estaduais continuam fechadas e as particulares, segundo novo decreto publicado hoje, abrirão a partir desta terça-feira(9), com todo o esquema de prevenção.


DECRETO Nº 8.884, DE 8 DE MARÇO DE 2021.


Confere nova redação aos incisos I e II do § 1º do artigo 2º do Decreto nº 8.882, de 4 de março de 2021.

ROGÉRIO FRANCO, Prefeito do Município de Cotia, no uso de suas atribuições legais, DECRETA:

Art. 1º Os incisos I e II do § 1º do artigo 2º do Decreto nº 8.882, de 4 de março de 2021, passam a vigorar com a seguinte redação:

"Art. 2º [ ... ]

§ 1º [ ... ]

I - as aulas presenciais nas escolas da rede pública estadual de ensino; e

II - o funcionamento das feiras livres noturnas.

§ 2º [ ... ]" (NR)

Art. 2º Este Decreto entra em vigor em na data da sua publicação.


Prefeitura do Município de Cotia, em 8 de março de 2021.

ROGERIO FRANCO

Prefeito


Publicado e registrado no Departamento de Atos Oficiais da Secretaria Municipal de Governo, aos 8 dias do mês de março de 2021.


JOSÉ LOPES FILHO

Secretário Municipal de Governo


Movimento

Um movimento de mobilização civil denominado Escolas Abertas foi criado por pais e mães que estão movendo uma Ação Judicial Popular contra a Prefeitura de São Paulo pela reabertura gradual das atividades escolares presenciais em todas as escolas do Município. Elas devem se adequar aos protocolos de higiene e distanciamento estabelecidos pelas autoridades, cabendo às famílias a decisão sobre levar seus filhos para a escola. ​ Segundo o movimento, "A manutenção das escolas fechadas vem causando danos de curto e longo prazo a toda uma geração e significa clara ameaça ao direito à educação das crianças e adolescentes. Dentre os danos causados destacam-se distúrbios alimentares, aumento da taxa de gravidez precoce, abusos e maus tratos, uso de drogas, violência, ansiedade e danos psicológicos, além do agravamento da defasagem pedagógica, das desigualdades sociais e redução da renda familiar."

Em Cotia, um braço do movimento estadual, o "Escolas Abertas Cotia", tem reivindicado a abertura das escolas com protocolos no município.


Também foi criado um manifesto de apoio. Para assiná-lo é só acessar o link https://www.escolasabertas.com.br/


SAIBA MAIS EM

Cotia na fase vermelha: Prefeito assina Decreto prorrogando quarentena até 09 de abril