Cotia: TRE decide pela cassação do prefeito e vice, porém afasta sua inelegibilidade


Votação aconteceu em segunda instância e decisão cabe recurso

Na noite desta quinta-feira(12), o TRE - Tribunal Regional Eleitoral cassou, por 6 votos a zero, o mandato do prefeito de Cotia, Rogério Franco e seu vice, Almir Rodrigues.


Durante a sessão, quatro juízes votaram pela cassação por abuso de poder político e econômico na campanha eleitoral de 2016. Outros dois votos favoráveis já haviam sido dados em sessões dos dias 19 de agosto e 16 de setembro. Outros dois votos decidiram pela multa, no valor de R$53.205,00. O processo se arrastava desde a última eleição, em 2016.


Na tarde de quinta-feira, o prefeito entrou com pedido liminar na Justiça contra a oposição, proibindo que o termo "cassado" fosse usado em qualquer tipo de menção ou propaganda. Mesmo assim, as redes sociais explodiram na madrugada com mensagens de cassação.


Com a decisão, mesmo estando cassado, Rogério Franco pode continuar participando do processo eleitoral, já que o Tribunal Regional Eleitoral afastou a sua inelegibilidade.


Com relação à especulações sobre o presidente da Câmara assumir a Prefeitura até o final deste mandato, a reportagem do Portal Viva conversou com o Dr. Castor, que afirmou que elas não procedem, já que o processo ainda não está transitado e julgado e cabe recurso da decisão no TSE (3ª instância).


A reportagem tentou contato com o prefeito, porém ele não atendeu as ligações.