Morador sofre sequestro relâmpago na Granja Viana e é resgatado pela equipe do 5ºBAEP


Carro da vítima foi localizado e um dos bandidos foi preso em flagrante.

Nesta quarta-feira(17), por volta das 11h20, um morador da Granja Viana que seguia em seu AUDI Q-3 preto pela Rua São João, foi abordado por quatro indivíduos em um veículo Citroen C3 branco.


A abordagem aconteceu após a vítima parar seu veículo para dar passagem ao carro que vinha no sentido contrário, em um local onde estava um veículo parado ao lado de uma caçamba.


Os meliantes, armados, desceram rapidamente do veículo e renderam a vítima, que apesar de estar em um veículo blindado, estava com o vidro aberto. Ele ainda tentou fechar, mas foi rendido. Segundo relatos dos vizinhos, a vítima chegou a pedir socorro. Ele foi colocado no Citroen, enquanto um dos meliantes seguia com seu veículo na direção oposta.

O morador ficou refém dos bandidos por pelo menos cinco horas, antes de ser liberado.


A Prisão

Durante patrulhamento de Ações Especiais do 5º BAEP, foi irradiado via COPOM, roubo com retenção de vítima. Os policiais passaram a fazer o patrulhamento pela área da 3ª Cia do 33° BPM/M, com vistas aos veículos e aos bandidos. Por volta das 17h, os policiais receberam a informação de que o veículo estaria em movimentação pelo bairro do Mirizola. Na Estrada da Roselândia com a Rua Vicente Strifezzi, a equipe deparou com o veículo Audi e foi feita a abordagem. Um dos membros da quadrilha, L.G.A., de que dirigia o veículo acabou sendo preso em flagrante. Ele confessou a participação no sequestro.

Como ele não deu retorno aos comparsas, os meliantes acabaram liberando a vítima na Estrada Nelson Ranieri, um pouco depois do campo de futebol. Segundo os policiais, a vítima estava assustada, sem saber onde estava. Ela foi amparada e conduzida pela equipe BAEP 31 até a delegacia.


O Sequestro

Segundo a Polícia, a vítima teria ficado rendido em uma casa (cativeiro), porém não soube dar detalhes do local, já que durante todo o tempo ficou abaixado com um capuz na cabeça. Ele contou à Polícia que sofreu várias ameaças e teve que fazer várias transferências bancárias, além de dar a senha do cartão de crédito aos bandidos. Como foi feita muita movimentação anormal na conta, o banco chegou a bloquear o acesso. Ainda não se sabe a quantia que foi movimentada.


Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que a vítima é abordada e feita refém:

Apresentou a ocorrência a viatura E- 05216 do 5º BAEP, com apoio de demais viaturas.