top of page

Pais de alunos protestam na Rodovia Raposo Tavares contra fechamento de salas de aula


Fau Barbosa

Nesta segunda-feira, 12, cerca de 50 pessoas interditaram a Rodovia Raposo Tavares no sentido SP, contra o fechamento de salas de aula do Ensino fundamental II em três escolas de Cotia.


A manifestação teve início por volta das 7h, após reunião realizada com o Secretário de Educação, Luciano Corrêa dos Santos, na porta da E.M. Jd. do Engenho. O secretário informou que a questão já estava resolvida e garantiu a matrícula dos alunos nas mesmas escolas. Porém, mesmo após a garantia do secretário, os pais mantiveram o protesto e seguiram pela Avenida João Paulo Ablas, no Jd. da Glória até a Rodovia.

Às 07h50 os manifestantes entraram na rodovia e permaneceram no km 24, em frente a uma escola estadual e ao lado do colégio Rio Branco.


Segundo a Polícia Rodoviária, a manifestação não estava autorizada e ocupou as faixas 2 e 3 da rodovia. O trânsito fluiu devagar pela faixa 1 e o congestionamento atingiu cerca de 9km.

Por volta das 10h55, as equipes do Policiamento Rodoviário, do TOR e da Guarda Civil de Cotia permanecem no local, com apoio do policiamento de área da Polícia Militar.


Entenda o caso

Na última segunda-feira, dia 3, pais de alunos da E.M. Jd. do Engenho e da E.M. Samuel Silva Filho, no Mirante da Mata, se reuniram em frente à Prefeitura para protestar contra o fechamento das salas de aula, após os pais ficarem sabendo que seus filhos seriam transferidos de escola.


Segundo a Secretaria de Educação, a rede municipal de ensino de Cotia passará por uma reorganização na modalidade de ensino e por conta disso estaria remanejando os alunos de três escolas: E.M Jardim do Engenho, E.M Crianças de Cotia e E.M Samuel da Silva Filho.




1.075 visualizações

Comments


bottom of page