top of page

Polícia Civil prende dois sequestradores que agiam na região da Granja Viana


Uma das vítimas, um empresário, foi sequestrado nesta segunda-feira, 29.


Por Fau Barbosa

Nesta terça-feira, 30, Policiais Civis da DAS - Divisão Anti-sequestro e do DOPE do Garra, prenderam dois indivíduos suspeitos de sequestrarem um empresário no km 21.


O Sequestro

Na manhã da segunda-feira, 29, a vítima trafegava com seu veículo, um Toyota Corolla preto, na Estrada Municipal Walter Steurer (antiga Estrada do Espigão), quando foi interceptado por um veículo Honda Fit marrom. Desse veículo desembarcaram três indivíduos encapuzados e armados, que renderam o empresário e o levaram para um cativeiro.


Os ladrões passaram a exigir transferências bancárias na modalidade PIX. Eles chegaram a fazer uma ligação para a esposa do empresário, onde o obrigaram a dizer que estava em um cativeiro, e que ela devi realizar uma transferência bancária por meio de PIX, no valor de R$ 12.000,00 (doze mil reais). A transferência foi feita e a Polícia foi informada do sequestro.


A vítima foi libertada no final do dia, próximo a uma Base da Polícia Militar, em Carapicuíba.


A Prisão

Policiais Civis da DAS - Divisão Anti Sequestro e do GARRA/ DOPE, ao saberem do sequestro, iniciaram diligências de campo no sentido de localizar a vítima bem como efetuar a prisão dos criminosos.


Enquanto realizavam as diligências, e após operação sufoco efetuadas pelo GARRA, os Policiais Civis tiveram a notícia da libertação da vítima, que após resgatado, passou a fornecer dados do local onde teria permanecido durante o sequestro.


Através da DAS as equipes receberam uma foto de um indivíduo procurado por aquela delegacia especializada e que tinha três mandados de prisão temporária pela prática de sequestros, todos ocorridos na mesma região.


Ao mostrarem a foto do suspeito para a vítima, ela imediatamente o reconheceu com 100% de certeza como sendo um dos autores da extorsão mediante sequestro.

Os Policiais foram até um endereço onde seria supostamente sua residência, em Osasco. Ao chegarem ao local, foram recebidos pela mãe do indivíduo, que autorizou a entrada da Polícia. Na residência estavam, além da mãe, um adolescente e um outro indivíduo que já era investigado.


Enquanto faziam perguntas, os Policiais escutaram um barulho vindo do sótão da casa, e notaram uma escada ao lado de um alçapão. Ao abrirem a porta visualizaram um indivíduo escondido atrás da caixa d´água. Ele resistiu a ser algemado e foi necessário o uso de força, até que ele se conteve.

Ao serem questionados, ele e o outro investigado negaram participação no crime, porém os policiais encaminharam fotos dos dois e do adolescente à vítima, que prontamente os reconheceu como sendo os autores do crime. O adolescente não foi reconhecido.


Todos foram levados à delegacia, onde o indivíduo que estava escondido negou sua participação, enquanto o outro confessou que apenas ficou “olhando” a vítima dentro do cativeiro. O outro indivíduo era quem realizava as extorsões e que tinha ligado para a esposa da vítima.


Foi feito o Auto de Prisão em Flagrante e demais providencias de Policia Judiciária. A Autoridade Policial representou pela conversão da prisão em Flagrante para Prisão Preventiva. O autor, de 23 anos e que tinha como apelido “Bigode”, já tinha participação em ao menos quatro casos idênticos.


Veículo encontrado

Por volta das 11h50 do dia seguinte, dia 30/8, Policiais Militares foram acionados via Copom para averiguar um veículo abandonado na Rua Major Walter Carlson, no km 18,5 da Rodovia Raposo Tavares. Chegando ao local, os Policiais visualizaram o veículo e ao consultarem suas placas constataram tratar-se de produto de roubo.


Foi solicitada perícia Afis para o veículo, ficando apreendido no pátio da delegacia para posterior devolução ao dono.


O caso foi registrado no 75º DP do Jd. Arpoador, em boletim de natureza "Extorsão mediante sequestro (art. 159); Resistência (art. 329) e Roubo (art. 157).

2.010 visualizações

Comments


bottom of page