top of page

Metrô abre segunda licitação para linha 22-Marrom


O projeto, que passa pela Granja Viana, prevê duas estações em Osasco (Santa Maria e Victor Civita) chegando até São Paulo.


Fau Barbosa

O Metrô de São Paulo lançou nesta quinta-feira, 17, a segunda licitação do projeto da Linha 22-Marrom. O processo selecionará a empresa que realizará investigações geotécnicas, sondagens e mapeamento de redes de utilidade pública. Isso definirá o traçado da linha e o método construtivo (subterrânea ou elevada).

O ramal deve ligar a Zona Oeste da capital a Cotia, com uma estimativa de demanda de 29 km e pelo menos 650 mil passageiros por dia. A Linha 22-Marrom poderá terá conexões com a Linha 9-Esmeralda em Hebraica-Rebouças, com a Linha 4-Amarela em Faria Lima, com a futura Linha 20-Rosa na estação Teodoro Sampaio, com a Linha 2-Verde em Sumaré e com o Arco Oeste-Sul (futura linha da CPTM).

Esta segunda licitação complementa a primeira, lançada pelo metrô no dia 02 de setembro.


Entenda

O Metrô lançou no último dia 02 de setembro, uma licitação para contratação do anteprojeto de engenharia e do EIA-RIMA da nova Linha 22-Marrom do Metrô, que ligará Cotia a Osasco.


Com o lançamento da licitação, no anteprojeto de engenharia serão elaboradas as diretrizes do traçado da linha e locais das estações.


O projeto, que passa pela Granja Viana, prevê duas estações em Osasco (Santa Maria e Victor Civita) chegando até São Paulo. Ele terá integrações com as linhas 4-Amarela na Faria Lima, 9-Esmeralda na Hebraica-Rebouças, 20-Rosa na Teodoro Sampaio e finalmente com a linha 2-Verde em Santuário Nossa Senhora de Fátima–Sumaré. Pelos estudos iniciais, a linha terá 29km, 19 estações e um pátio de trens para 52 trens, com uma demanda estimada de 649 mil passageiros por dia.


O Metrô de PS encaminhou nota ao Portal Viva falando sobre o assunto.


COMPANHIA DO METRÔ NOTA OFICIAL:

O Metrô de São Paulo lançou nesta quinta-feira, 17, a segunda licitação envolvendo o projeto da Linha 22-Marrom, ramal que ligará a Zona Oeste da capital a Cotia. Ela selecionará a empresa para realizar investigações geotécnicas, sondagens e mapeamento de redes de utilidade pública. As informações obtidas serão utilizadas nas atividades de definição do traçado da linha e de método construtivo entre outras,"

Assessoria de Imprensa


Saiba mais:


129 visualizações

Comments


bottom of page